Adoro Importar

Como aproveitar a queda do dólar na importação?

queda do dólar

Será que o momento é mesmo de aproveitar a queda do dólar e abastecer o seu e-commerce ou loja física?

Mas, também seria propício para quem deseja começar o próprio negócio importando produtos dos EUA ou China?

O fato é que o dólar continua em baixa. Nesta terça-feira (12), a moeda americana registrou o terceiro dia consecutivo de queda, sendo cotada a R$ 4,67.

Segundo alguns especialistas do mercado financeiro, existe sim a possibilidade de fazer bons negócios importando para revender no Brasil.

Isso porque, os importadores podem lucrar com essa desvalorização, já que precisarão de menos reais para comprar os produtos cotados em dólar.

Achou interessante? Então, vamos analisar juntos esse cenário de “ladeira abaixo” da moeda americana e seus impactos na importação?

Mas, lembre-se: tudo pode mudar a qualquer momento. Então, elabore uma estratégia de negócios agora.

Nesse artigo, vamos falar sobre como você pode aproveitar esse recuo do dólar e investir na compra de produtos para o seu negócio. Vamos?

Leia também:

Queda do dólar: grande incentivo para os importadores brasileiros?

O clima é de animação. E o responsável por essa movimentação no mercado financeiro do Brasil, é a constante oscilação do dólar, registrada nos últimos dias.

Esse recuo da moeda americana pode ser uma boa possibilidade de negócios para quem importa dos EUA ou da China, porque impacta diretamente no custo do produto.

Então, o importador brasileiro pode vislumbrar bons negócios? Pode sim! Pelo menos por enquanto!

Em primeiro lugar, uma possibilidade é a de que você compre os produtos agora, no recuo do dólar, e comercialize-os a preços mais baixos.

Ou ainda, pode revendê-los com uma porcentagem maior de lucro. Isso depende de você.

Vamos simular uma compra?

Você possui uma loja de produtos femininos e resolveu renovar seu estoque de óculos escuros, aproveitando esse momento de desvalorização do dólar.

No site onde costuma fazer suas compras, você encontra aqueles óculos belíssimos.

Vamos simular dois cenários em datas diferentes, levando em conta a cotação do dólar nesse período.

1° Cenário: Março de 2021

  • Óculos feminino: US$ 3,89
  • Preço do dólar em março de 2021: R$ 5,80
  • Preço unidade: R$ 22,56
  • 100 unidades: R$ 2.256,20

2° Cenário: Abril de 2022

  • Óculos feminino: US$ 3,89
  • Preço do dólar em dezembro de 2021: R$ 4,67
  • Preço unidade: R$ 18,16
  • 100 unidades: R$ 1.816,63

A diferença seria de quase R$ 439,57.

Lembre-se que nessa simulação não estão incluídos o frete e nem o imposto sobre importação, que para compras de até US$ 3.000 é de 60% sobre o valor total da compra.

Outro fator importante, é que a Receita Federal calcula o imposto sobre importação levando em conta a cotação do dólar, no dia da fiscalização.

Segundo especialistas em importação, alguns produtos comprados nos EUA podem gerar uma margem de lucro bem interessante sobre as vendas aqui no Brasil.

Em alguns casos, o lucro pode ser de até sete vezes mais do que o valor investido no negócio.

Então, caro importador, faça suas contas e analise se vale a pena ou não importar o produto diante dessa queda na cotação do dólar.

Até quando vai durar essa queda do dólar?

queda do dólar
queda do dólar

Ainda não dá para prever. Mas alguns analistas afirmam que a queda do dólar frente ao real não deve durar muito.

Alguns fatores como a guerra na Ucrânia e a proximidade das eleições no Brasil, podem fazer com que o câmbio volte a subir até acima dos R$ 5,00.

No entanto, existe a expectativa que o dólar ainda se mantenha em queda até o final do ano. Especulações por enquanto.

Mas, veja bem, você que é importador e depende do preço do dólar para fazer seus negócios, não acha melhor se apressar?

Faça  a seguinte análise: se dá para fazer bons negócios agora e existe a possibilidade de surfar nessa onda, por que esperar?

Conclusão

Mostramos aqui para você, importador, que a queda do dólar forma um cenário propício para fazer bons negócios.

O mercado está animado como não estava há muito tempo. Enfim, o momento é de negociar para ganhar.

Por outro lado, só o faça se tiver certeza de que irá investir em um bom negócio, pois, o lucro é sempre o objetivo final de qualquer empreendedor.

Mas, com a “forcinha” que o dólar está dando, não há muito o que pensar!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on facebook